Quais são as características de um líder autocrático?

Quais são as características de um líder autocrático?
transformação cultural

Ao observar os diversos modelos de liderança que existem dentro das empresas, nos deparamos com alguns perfis muito comuns, sendo que eles atuam de formas distintas para alcançar um determinado objetivo. O objetivo deste artigo aqui é explicar quais são as características de um líder autocrático.

Um líder autocrático é aquele que centraliza as decisões, sem muita ou qualquer participação dos seus “comandados”.

É um tipo de liderança verticalizada, que vem de cima para baixo. O líder aponta o que e como fazer, e sua equipe executa como foi definido.

Ser um líder autocrático tem suas vantagens e desvantagens, e uma mesma pessoa pode atuar de diversas formas de acordo com cada situação.

Quer saber todas as características de um líder autocrático? Acompanhe o artigo e descubra se você exerce esse tipo de liderança!

Características de um líder autocrático

Algumas características são bastante comuns em um líder autocrático. Avaliá-las é um modo de se reconhecer com esse tipo de liderança e então entender se ela é mesmo a melhor opção para cada um dos objetivos do negócio.

As principais características de um líder autocrático são:

  • Liderança centralizadora, ou seja, o líder centraliza as decisões, sendo que a opinião da equipe conta pouco ou nada;
  • Organização, que permite a tomada de decisão e que as ações a serem seguidas sejam bem delineadas;
  • Pouca receptividade a sugestões e conselhos vindos da equipe comandada;
  • “Intromissão” na execução das tarefas pela equipe, apontando um novo modo de fazer ou mudanças enquanto a tarefa ainda está sendo executada;
  • Controle exagerado sobre a equipe e seu trabalho;
  • Falta de confiança na equipe, com a sensação de que nada será feito corretamente se não for feito pelo próprio líder;
  • Desconforto em delegar tarefas, por isso o líder autocrático acaba por executar muitas delas;
  • Expressão clara das expectativas sobre o trabalho de cada colaborador;
  • Responsabilidade pelo trabalho;
  • Se sente confortável em receber os créditos, indevidamente, do que foi realizado pela sua equipe;
  • Perfil punitivo para erros da equipe.

Claro que as características de líder autocrático podem se apresentar de forma mais perceptível em alguns casos, e não serem notadas em outras situações. Assim como em algumas lideranças elas podem ser maiores e em outras pouco presentes.

Alguns líderes, por exemplo, têm grande perfil centralizador, mas também confiam em sua equipe e distribuem crédito para o trabalho realizado.

Cabe a cada líder trabalhar as características consideradas maléficas, como de punição pelos erros, e buscar manter apenas as qualidades atrativas para seu trabalho e equipe.

Esse tipo de percepção, alterando o modelo de liderança de acordo com a situação, é o grande desejo dos principais gestores, já que essa habilidade ajuda a aumentar a produtividade do time.

Vantagens de uma liderança autocrática

Como dito anteriormente, ao avaliar as características do líder autocrático, você encontrará vantagens e desvantagens. É importante conhecer quais são esses pontos positivos e negativos, para que as vantagens possam ser potencializadas, e as desvantagens trabalhadas para serem diminuídas.

Uma liderança autocrática pode, por exemplo, ser exatamente o “Norte” de que uma equipe precisa. 

Quando os colaboradores têm pouca experiência nas tarefas realizadas, ou mesmo falta uma boa qualificação, a tomada das rédeas pelo líder facilita o trabalho. Afinal, haverá alguém para tomar as decisões e indicar o melhor modo de fazer.

teamhub gestão de cultura

O líder autocrático, inclusive, costuma acompanhar de perto a execução das tarefas. Assim, pode ser mais simples corrigir erros pelo caminho e indicar a cada colaborador o caminho correto.

Além disso, entre as características de um líder autocrático está o fato de ser extremamente organizado, estabelecer metas, cronogramas e mais. Isso ajuda a manter as tarefas em dia e a evitar desvios pelos colaboradores, o que poderia prejudicar os resultados.

Desvantagens de ser um líder autocrático

Apesar dos pontos positivos de uma liderança autocrática, também podem ocorrer várias desvantagens.

Começando pela desmotivação da equipe. Os colaboradores, ao não terem voz ativa nas decisões, podem se sentir incomodados. Com o incômodo, costuma vir o desejo de mudança e então a empresa perde talentos.

Outra coisa que pode causar incômodo é quando o líder autocrático acompanha a execução das tarefas de perto demais. Ou seja, quando ele não confia em sua equipe e está o tempo todo dando palpite sobre como fazer.

Sabe aquele chefe que fica atrás de você, assistindo sua tela e te vendo trabalhar? Esse tipo de liderança, muitas vezes, é autocrática.

E se você já teve alguém “vigiando” seu trabalho, deve saber o quanto isso pode trazer mal-estar. Então, de novo, pode haver a perda de talentos.

Ou, se não houver a perda de talentos, costuma acontecer, pelo menos, a redução da produtividade e queda na qualidade das entregas, uma vez que os colaboradores não se sentem motivados a fazê-lo.

Como controla tudo de cima, o líder autocrático também pode desencorajar novas ideias. Então, a empresa perde a chance de receber novas ideias, que poderiam melhorar os resultados, porque o colaborador não se sente confortável para opinar.

Por último, uma das principais características de um líder autocrático é a geração de dependência extrema de sua gestão. Logo, se ele precisar se ausentar, a equipe terá dificuldades para executar as tarefas que deveria.

Devo ser um líder autocrático?

Você pode ler aqui várias características de um líder autocrático e deve ter percebido que existem vantagens e desvantagens. Encontrar o equilíbrio de comportamento de acordo com as exigências do momento é que fará a diferença.

Muitas vezes, essa centralização de decisões é necessária. E, na maioria das vezes, ela é bastante eficaz. 

Por isso, a chave é saber balancear a sua liderança autocrática. Ou seja, utilize apenas das vantagens que ela pode trazer, como agilidade nas decisões e a organização do trabalho.

No caso das desvantagens, evite-as ao máximo! Especialmente ao ampliar a confiança e encorajar o surgimento de novas ideias por parte de sua equipe.

Colaboradores que têm a confiança dos líderes tendem a aumentar sua produtividade e motivação.

Papo de Cultura Podcast
(Visited 115 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *