Demissão em massa: o que é e como manter a calma para gerir o time

Demissão em massa: o que é e como manter a calma para gerir o time
transformação cultural

Um dos momentos mais difíceis dentro de uma empresa é demitir um colaborador. É um momento de dor para ambas as partes. Infelizmente, em meio à crise do coronavírus, várias demissões aconteceram no Brasil.

Porém, a ação de demitir alguém deve ser analisada e orquestrada para evitar transtornos e prejudicar o colaborador que está sendo desligado da empresa.

O que são as demissões em massa?

Esse ato também é conhecido como rescisão total do contrato de trabalho. Significa demitir vários funcionários por determinados motivos e não ser substituído por outros funcionários. 

Normalmente, esses fechamentos servem para reduzir custos devido às crises financeiras ou fusões corporativas, que podem modificar a cultura organizacional.

Brasil e as demissões em massa!

Foi na década de 1990, que as demissões em massa começaram a entrar em mais evidência no Brasil, quando ocorreram várias privatizações, grandes fusões e aquisições. 

Esse cenário teve impacto direto no mercado brasileiro, onde os lucros começaram a declinar diante da concorrência de empresas internacionais.

Fora isso, a maioria dos serviços foi terceirizada, reduzindo a necessidade de excesso de pessoal. Demissões em massa logo ocorreram, e os assalariados não podiam se defender.

Antes da reforma trabalhista de 2017, as demissões coletivas não eram regulamentadas no Brasil. 

Mesmo assim, a Justiça do Trabalho tem entendido de forma diferente. Como eles dizem, as empresas só podem buscar demissões em massa após negociações com os sindicatos para reduzir os os “efeitos adversos”.

E para as organizações trabalhistas, as demissões em massa têm um enorme impacto nos grupos de funcionários resignados e suas famílias, bem como na economia local. 

Consequentemente, muitas vezes é necessário tomar medidas compensatórias para desarmar a situação.

Com a reforma trabalhista de 2017, as demissões coletivas passaram a ter mesmas regras das demissões individuais

Assim, não é mais necessário negociar com o sindicato profissional e cada trabalhador recebe o salário que receberia se fosse demitido individualmente.

Quais as maneiras de tornar a demissão menos problemática

Mesmo que a cultura organizacional da sua empresa tente tornar as demissões o mais humanas possível, uma demissão em massa impacta negativamente, a equipe interfere no planejamento de vida ou carreira e roda a autoconfiança do profissional.

Aqui vão algumas dicas que podem ajudar. 

Transparência

Nesse ponto, uma conversa clara com a equipe se torna ainda mais importante. 

A comunicação tem tudo a ver com transmitir mensagens claras, portanto, compartilhar o máximo de informações possível com seus funcionários sobre o motivo da demissão pode ajudar.

teamhub gestão de cultura

Desta forma, o diálogo transparente evita conversas paralelas entre a equipe e coloca você no comando do discurso do que realmente está acontecendo na organização. 

Organizar uma reunião durante a semana pode ser uma boa estratégia para falar de cortes. No entanto, é importante dialogar com determinadas pessoas de forma única.

Sua empresa pode ter um porta-voz para notícias como essa

O aviso de rescisão deve ser feito pelo chefe ou gerente desse grupo de funcionários. O departamento pessoal deve ser responsável apenas pela parte burocrática do processo.

Quem é responsável por acompanhar a trajetória do colaborador é o líder da equipe. Assim, nada mais justo do que a obrigação de informar a rescisão do contrato, seja do chefe imediato. 

Ao fazer isso, ele teve que explicar o motivo do tempo que a empresa está operando e demissões em massa formalmente anunciadas.

Seu departamento deve estar preparado para anunciar mais demissões

Às vezes não é muito provável que isso aconteça. No entanto, é comum que funcionários contratados tenham a rescisão decretada. 

A razão para isso é que, devido à situação atual, os funcionários muitas vezes têm medo de um momento de instabilidade. Portanto, eles impulsivamente decidiram encontrar trabalho em outra empresa.

Isso mostra a importância de uma comunicação mais direta com a equipe. Essa configuração de diálogo dá a seus colaboradores a certeza de que essa foi uma medida oportuna e necessária e que outros cortes não fazem parte do planejamento corporativo.

Adote o Outplacement

De acordo com a Association International of Outplacement Consultaney (AOCFI), uma associação global que regula as atividades internacionais, o turnover é definido como o processo de estabelecimento de uma base profissional.

Por isso, é nossa missão ajudar os funcionários resignados a enxergar o mercado de trabalho de forma sistemática e disciplinada. Para que ele consiga uma substituição no menor tempo possível, com impacto mínimo.

Então se você é um profissional de RH e possui uma cultura organizacional na sua empresa, mas não sabe por onde começar com essa ferramenta. Vamos aprender como funciona agora.

E os funcionários que permanecerão na empresa, como proceder?

À medida que lemos, apresentamos a importância de ter uma comunicação honesta com a equipe durante uma paralisação em massa. 

É importante expor se existem demissões previstas, caso você esteja com a licença de soltar essa informação, dentro da sua cultura organizacional. É necessário também explicar o motivo porque demitiu determinado colaborador.

Isso pode ajudar, inclusive, que determinados erros sejam dirimidos para que possíveis demissões, por falta técnica, por exemplo, não aconteçam em épocas posteriores.

Cultura organizacional pode ajudar a sua empresa

A cultura organizacional alinhada com a estratégia da empresa pode ajudar neste quesito das demissões também. Até porque, quando há estratégia, a cultura serve para sustentar essa estratégia.

Com isso, os trabalhos feitos através de uma cultura organizacional podem influenciar dando um norte para os requisitos para chegar a demitir um funcionário, por exemplo, além de reunir hábitos e comportamentos estabelecidos pela empresa.

Entenda já o que é a cultura organizacional e como implantar na sua empresa!

Papo de Cultura Podcast
(Visited 126 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *